11/30/2010
Arran Fernandez será o estudante mais jovem da universidade desde 1773

Há 273 anos que a prestigiada Universidade de Cambridge, na Inglaterra, não recepcionava um estudante tão jovem. Aos 15 anos e 3 meses, Arran Fernandez é o novo aluno da faculdade de matemática do campus. Ele inicia o curso interessado em solucionar a até hoje inescrutável Hipótese de Riemann, segundo a qual os “zeros não-triviais da função zeta de Riemann pertencem à linha crítica” – há mais de 150 anos nenhum matemático conseguiu comprovar a validade da teoria, ainda que o Instituto Clay ofereça 1 milhão de dólares a quem o fizer. O currículo de Arran é respeitável. Aos 5 anos, ele venceu uma Olimpíada de Matemática. Seus concorrentes não eram criancinhas imberbes como ele, mas professores marmanjos e experientes das mais renomadas escolas do país. Com 7 e 13 anos, já havia atingido as notas máximas nos principais exames vestibulares. O desempenho assombroso impressionou os dirigentes de Cambridge, que mantém um programa de estudos para gênios precoces. Na universidade – por onde já passaram, ainda que mais velhas, cabeças como Isaac Newton e Stephen Hawking – Arran não poderá dormir nos mesmos alojamentos dos alunos e tampouco frequentar os bares e confrarias de seus pares. Mas ele não liga. “Quero me dedicar os estudos e aproveitar meu tempo livre para conhecer melhor a literatura inglesa”, disse ao jornal inglês The Guardian.

Um comentário:

  1. eu creio que ele conseguirá basta se esforçar.

    ResponderExcluir

Pesquise

Skatazoiada

Visitas

Badernistas

Tecnologia do Blogger.